• BELLECAVE15 15% DE DESCONTO NO CADASTRO

  • Parcele em até 3x sem juros

O seu carrinho está vazio

Continuar Comprando

parcele suas compras em até 3x no cartão

frete para o mesmo dia (consulte seu cep)

R$ 612,00 unid. 750

Giovanni Corino Barolo DOCG Del Comune di La Morra
2017

Itália, Piemonte

R$ 612,00 unid. 750
  • Tinto 15% alc.

  • 16º a 18°C

  • Borgonha

  • Nebbiolo

  • Em barricas de carvalho francês usado por 24 meses. O corte é feito em tanques de inox, onde o vinho estagia por mais 6 meses.

O que esperar desse vinho!
Seco
Doce
- Acidez
+ Acidez
- Tanino
+ Tanino
- Corpo
+ Corpo

Aromático, frutado, aromas de cerejas, amoras, notas de rosas secas, com toque de baunilha e especiarias, levemente defumado e mentolado.

Encorpado, estruturado, com taninos finos, boa concentração de frutas maduras com um final longo e complexo.

Pratos estruturados, cozidos de carne bovina, carnes suculentas assadas, risoto de funghi, aves de caça e trufas.

parcele suas compras em até 3x no cartão

frete para o mesmo dia (consulte seu cep)

Concentrado, com notas típicas da variedade, de flores e frutas vermelhas. Um excelente exemplar desta grande denominação!

Pratos estruturados, cozidos de carne bovina, carnes suculentas assadas, risoto de funghi, aves de caça e trufas.
 

Vinícola Giovanni Corino

Enólogo Giuseppe Ciacci

País Itália

Região Piemonte

Classificação: Barolo D.O.C.G

Fatos Interessantes  A fazenda Corino nasce em 1952, quando o patriarca Celeste Corino se muda com sua família para Annuziata di La Morra, para trabalhar como agricultor. Seu filho, Giovanni, inicia a implantação dos vinhedos, ainda produzindo uvas para venda, e em meados dos anos 80, o jovem Giuliano, terceira geração da família na região, e hoje a frente da vinícola, engarrafa os primeiros Barolo da família.

A partir de 1987 a família abraça um caminho de inovação, focando em vinhos cada vez melhores, obtidos de vinhedos de alta qualidade. Hoje, família Corino cultiva 9 hectares de vinhedos próprios, e produz cerca de 50.000 garrafas ao ano, em distintas denominações.

Os Barolos de La Morra são conhecidos como os Barolos mais elegantes da região. Apontando para a fruta vermelha madura e com taninos macios e sedosos já dos primeiros anos no mercado e este vinho é uma representação perfeita disso.

Notas do enólogo  Vinho maravilhoso para beber agora e nos próximos anos. Graciosa e lindamente perfumada mostra a parte delicada do Barolo de La Morra. Cereja escura doce, tabaco, menta, cedro e tabaco para cachimbo são misturados. Se este pudesse ser resumido em 3 palavras: rico, complexo, elegante.

 

 

Casta 100% Nebbiolo

Contribuição das castas para a personalidade do vinho é a pura expressão do Nebbiolo na área de La Morra

Idade média das videiras 30 anos

Tipo de viticultura Sustentável

Área da propriedade 9,5 hectares

Área de vinhedos 9,5 hectares

Área do vinhedo específico 2 hectares

Rendimento 5.400 litros/hectare

Condições climáticas e seus efeitos sobre a safra A vindima de 2017 começou mais cedo do que o habitual com bom tempo, depois tivemos geada na Páscoa, apenas uma parte muito pequena das nossas vinhas foi seriamente danificada, no resto não tivemos problemas. Tivemos uma boa primavera, então a estação de crescimento foi boa. O verão foi bastante quente, com duas/três semanas muito quentes, mas a particularidade desta vindima é a falta de chuva. Foi uma safra seca e tivemos apenas algumas tempestades de maio até a colheita, mas incrivelmente as plantas não sofreram com a seca.

A colheita foi cerca de 2 semanas mais cedo do que o habitual. A produção foi inferior a uma safra normal, mas a qualidade foi muito boa, as uvas estavam muito saudáveis ​​e atingiram uma perfeita maturação. Por isso procuramos vinhos realmente ricos e encorpados com uma perfeita maturação dos taninos.

Data da colheita: 20/09/2017

Tipo de colheita Manual

Horário da colheita Diurna

Fatores condicionantes Evitamos os pesticidas, respeitando assim a terra, o ambiente e a saúde do consumidor e de todos nós que trabalhamos nas vinhas. Usamos apenas fertilizantes naturais.

Fatos vitícolas interessantes No que diz respeito ao trabalho na adega, procuramos o justo equilíbrio entre modernidade e tradição: Utilizando fermentadores rotativos com temperatura controlada para maceração e fermentação alcoólica, que ocorre espontaneamente sem adição de leveduras. O envelhecimento em madeira ocorre em pequenas barricas de carvalho francês. Não filtramos nem clarificamos os nossos vinhos mas são decantados naturalmente para respeitar a sua natureza, quando engarrafamos, o teor de sulfitos é geralmente inferior a 50% do permitido pela legislação italiana. Produzimos todos os nossos vinhos com o mesmo cuidado e atenção desde os vinhos de base até ao Barolo Riserva.

Métodos de vinificação Maceração e início da fermentação de 5 a 7 dias em tanques de inox usando termo reguladores rotativos. Após prensagem, o vinho é transferido em tanques de inox onde acontece a fermentação alcóolica com fermentação autóctones. A conversão malolática acontece sem interferência nos mesmos tanques.

Amadurecimento em barricas de carvalho francês usado por 24 meses. O corte é feito em tanques de inox, onde o vinho estagia por mais 6 meses.

Volume 750ml

Potencial de guarda 20 anos

Giovanni Corino Barolo DOCG Del Comune di La Morra

R$ 612,00